Empresa espanhola assume administração do Aeroporto de João Pessoa na segunda-feira de Carnaval

Aviação Destaque
Anúncios

A partir do dia 24 de fevereiro – segunda-feira de Carnaval – o Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto, na Região Metropolitana de João Pessoa, passará a ser administrado pela Aena Brasil, empresa espanhola que adquiriu o Lote Nordeste em leilão realizado pelo Governo Federal no ano passado. A Aena Brasil segue os prazos estabelecidos pela Agência Nacional de Aviação Civil – Anac, na quinta rodada de concessão da operação de aeroportos.

Conforme a reportagem apurou, uma equipe multidisciplinar da Aena, da sede em Madri, está em João Pessoa há duas semanas para, em conjunto com a equipe corporativa brasileira de Recife, acompanhar os primeiros dias de operação de forma a garantir que não houvesse incidentes na continuidade e na melhoria dos serviços oferecidos pela Infraero.

A Aena Brasil é a marca registrada da companhia espanhola Aena, considerada pelo Conselho Internacional de Aeroportos como a maior operadora aeroportuária do mundo em número de passageiros, com mais de 275,2 milhões em 2019 na Espanha. Desde começo de 2020, administra a concessão de seis aeroportos da região Nordeste: Recife (PE), Juazeiro do Norte (CE), João Pessoa (PB), Campina Grande (PB), Aracaju (SE) e Maceió (AL). Em 2019, os seis aeroportos somaram 13,7 milhões de passageiros.

Na Espanha, opera 46 aeroportos e 2 heliportos. É acionista controlador, com 51%, do aeroporto de Londres-Luton no Reino Unido, além de gerenciar aeroportos no México (12), Colômbia (2) e Jamaica (2), que totalizaram um volume de passageiros de 78,2 milhões em 2019. Além disso, presta serviços de consultoria para clientes estratégicos como a Companhia de Aeroportos de Cuba – ECASA

Fábio Cardoso – Pesquisa no site da Aena Brasil