Aeroporto de Maceió fecha 2018 com recorde na movimentação de passageiros

Aviação
Anúncios

O Aeroporto Zumbi dos Palmares, em Maceió (AL), encerrou 2018 com recorde na movimentação de passageiros. Foram 2.179.230 viajantes, cerca de 5,4% a mais que o recorde anterior, de 2.067.576, registrado em 2017. A movimentação de aeronaves também registou alta de 3,3% no ano passado: 18.548 ante as 17.955 contabilizadas em 2017.

O superintendente do terminal, Adilson Pereira, atribui o crescimento da movimentação de viajantes a fatores como a recuperação gradual da economia e o trabalho conjunto de todo o trade turístico. “Maceió é um destino cada vez mais explorado pelo turismo brasileiro, com belas praias, rica cultura e gastronomia, além de ser uma cidade com vocação para sediar eventos. Tudo isso, aliado a outros fatores, tem contribuído para que o aeroporto quebre recordes na movimentação de passageiros ano a ano”, pontuou.

Nos últimos anos, o terminal passou por uma série de melhorias voltadas ao bem-estar dos passageiros, como a substituição de quatro pontes de embarque e desembarque, bem como a readequação dos balcões de venda, reservas e informações para proporcionar melhor distribuição do mix comercial aeroportuário, e a inauguração de novas lojas. Passageiros também dispõem de Internet Wi-Fi gratuita por uma hora, podendo utilizar outros 30 minutos adicionais sem custos. A facilidade faz parte de uma parceria da Infraero com a empresa norte-americana Boingo Wireless, líder mundial no segmento.

Com capacidade para receber 5,3 milhões de passageiros por ano, o terminal alagoano, localizado a 25 km do centro da cidade, o Zumbi dos Palmares conta com voos comercias regulares de quatro companhias aéreas (Gol, Latam, Avianca e Azul) que interligam Maceió a diversos destinos brasileiros – Congonhas, Viracopos, Ribeirão Preto e Guarulhos (SP), Recife (PE), Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Aracaju (SE) e Porto Alegre (RS) -, além de voos internacionais para Buenos Aires (Argentina).

Assessoria de Imprensa Infraero

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.