Ocupação hoteleira paulista deverá crescer 92% neste Carnaval

Carnaval 2019
Anúncios

A ABIH SP – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis  do Estado de São Paulo – espera altos índices de ocupação durante o feriado prolongado de Carnaval, tanto na Capital, quanto no interior e Litoral.

“O Carnaval para o turismo e, especificamente a hotelaria de lazer, é o segundo melhor evento depois do Réveillon”, comenta Bruno Omori, presidente da entidade. “Nossa estimativa é que tenhamos cerca de 92% na taxa de ocupação de norte a sul no Litoral Paulista”, enfatiza o dirigente.

Omori acrescenta que também no interior a ocupação fique acima da média do ano passado. “Deveremos ter cerca de 75% de ocupação em cidades como Campos do Jordão, Atibaia e São Pedro, entre outros municípios. Estes destinos, notadamente as estâncias, são muito procurados pelas pessoas que aproveitam o Carnaval para descansar longe do agito das grandes cidades”, explica.

Segundo o executivo, a  capital paulista tem um produto de Carnaval consolidado que é o Desfile das Escolas de Samba no Sambódromo, com pacotes que incluem transporte, hospedagens e ingressos de todos os tipos e preços, vendidos por operadoras e agências de turismo do Brasil e do Exterior.

O Carnaval na cidade São Paulo tem se mostrado como  um grande fenômeno de crescimento e  vem se  consolidando a cada ano, sobretudo  o carnaval de rua. Esse segmento atrai uma demanda espontânea para a hotelaria supereconômica e econômica gerando  crescimento de 3% a 5% de ocupação por ano. “Há 20 anos o Carnaval da capital tinha taxas de ocupação inferiores à 10% e, neste Carnaval, nossa expectativa é alcançar 50%”, informa Omori.

De acordo com a ABIH-SP esse percentual representa   mais de 22 mil Uhs ocupadas, número superior a oferta da maioria das capitais tradicionais de carnaval, além de um público adicional  com cerca de  4 milhões de paulistanos, somados  com outros milhões da grande São Paulo e de todo Brasil.

“Que venha a alegria e diversão junto com o Carnaval,   uma oportunidade única para a geração de divisas e divulgação do turismo de São Paulo e do Brasil”, finaliza Bruno Omori.

Horus Comunicação Integrada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *