‘Quadrilhando sobre Rodas’ traz a inclusão social para a Pirâmide do Parque do Povo

Destaque Eventos

Campina Grande, a cidade da acessibilidade, só reafirma a importância deste tema. A abertura dos festejos juninos, realizada nesta sexta-feira (07), trouxe para a Pirâmide do Parque do Povo, o projeto “Quadrilhando sobre Rodas” diretamente de João Pessoa, que visa a trazer a importância da inclusão social, tanto nos festejos juninos como para a sociedade.

O projeto “Quadrilhando sobre Rodas” nasceu em 2013, na capital paraibana, e animou todo o público presente, que prestigiou a apresentação, ao som de muito forró e muita animação. O Coordenador do Grupo de Vivência em Artes da Funad da Paraíba, Juliano Almeida, afirmou que o projeto nasceu com o intuito de trazer à tona a importância do uso da música nordestina como instrumento de reabilitação.

“As leis até existem, mas elas estão no papel. A gente vem, na perspectiva, de poder trazer isso, essas leis, para prática, onde as pessoas participem, onde as pessoas respeitem o direito da pessoa com deficiência”, ressaltou.

O casal de forrozeiros Renata Valéria (24) e Rafael Souza(19), se conheceu durante o projeto e se casaram há dois anos. Renata afirma que o projeto traz consigo uma série de responsabilidades, pois é a partir dele que as pessoas passam a olhar os cadeirantes de forma mais inclusiva.

“A nossa expectativa é levar a mensagem que a gente tenta trazer através da quadrilha, para sermos reconhecidos como uma quadrilha, independente de usar cadeira de rodas ou não”, afirmou.

A Prefeitura de Campina Grande sempre preza pela importância da inclusão social dos deficientes físicos e oferece, por mais um ano, o Camarote da Acessibilidade, próximo ao palco principal, no Parque do Povo. O camarote estará disponível, no segundo dia do festejos juninos, para que todos possam forrozar n’O Maior São João do Mundo.

Codecom Campina Grande

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *