Bell Marques volta a João Pessoa no balanço do axé do Bloco Vumbora

Cotidiano Paraíba
Anúncios

Chicleteiro ou não já deve colocar na sua agenda de fevereiro a participação no Bloco Vumbora que, pela segunda vez, terá como vocalista o baiano arretado Bell Marques, ex-Chiclete com Banana. O encontro com o axé está marcado para o dia 14 de fevereiro, quando Bell desce a Via Folia, durante o projeto Folia de Rua, em João Pessoa, considerada uma das maiores prévias carnavalescas do país.

O chicleteiro já sabe, precisa de fôlego, pois essa descida ao som dos grandes clássicos de Bell terá mais de três horas de duração.

Nesta quinta-feira (07), o Vumbora foi lançado oficialmente durante uma coletiva de imprensa realizada no Hotel Nord Luxxor Sapucaia, na praia de Tambaú, para convidados, patrocinadores e parceiros. Na oportunidade, os organizadores disseram que o bloco estará mais seguro e ainda melhor em 2020. Não haverá aumento de número de pessoas dentro das cordas, se limitando a cinco mil foliões.

“Queremos ainda mais conforto para os foliões e mais segurança para todos que acompanham o bloco”, afirmou Fábio Henrique, da Colônia Produções, uma das empresas responsáveis pelo bloco, juntamente com a Mult Promoções, Rede Nord Hotéis e a Luan Promoções & Eventos.

Daniel Rodrigues, da Rede Nord Hotéis, endossou: “Não vamos aumentar o número de foliões dentro das cordas, cujo limite é cinco mil, pois prezamos pela qualidade do serviço”. Ele acrescenta que o foco da organização é melhorar esta primeira edição, e aumentar ainda mais a segurança. “Puxamos mais de 150 mil pessoas com o bloco e tivemos menos de 20 ocorrências, nenhuma grave. Trabalharemos para que esse índice seja ainda menor em 2020”, diz.

Segundo Mersinho Lucena, da Mult Promoções, Bell saiu maravilhado com a boa energia, a vibração e a quantidade de pessoas que arrastou com o Vumbora. “Ele estava com saudade de fazer isso em João Pessoa, onde não tocava em trio há 14 anos. A boa experiência deste ano o deixou muito animado para o próximo”, ressalta.

A sala de conferências onde ocorreu o lançamento ficou lotada de convidados, jornalistas e influenciadores digitais. A mesa contou com Silvana Toscano (Funjope), Zeba Lira (Folia de Rua), Gustavo Feliciano (secretário de Turismo da Paraíba), Jean Nunes (secretário de Segurança Pública da Paraíba), delegado João Alves (corregedor Geral da Secretário da Segurança e Defesa Social da Paraíba), Thiago Nóbrega (Luan Promoções & Eventos) e Lucas Vinícius (fã-clube Amor Bacana do Bell), além do próprio Daniel Rodrigues.

Segurança e boa ação – Em 2019, o Vumbora contou com mais de mil profissionais de segurança privada (entre cordeiros, apoio e bombeiros civis) e duas ambulâncias, além de ter o reforço de equipamentos de alta tecnologia (dois drones e dez câmeras de alta definição), o que fez do evento um pioneiro em monitoramento ao vivo e integrado à segurança do bloco “ Daremos o apoio necessário para garantir o melhor serviço possível na nossa segurança. . As polícias civil e militar, além dos bombeiros militares, também deram apoio total ao bloco”, ressalta o secretário Jean Nunes.

O Vumbora criou 2,5 mil empregos (entre diretos e indiretos), levou 4,7 mil foliões entre cordas (e puxou outros 150 mil) e arrecadou mais de três toneladas de alimentos, oriundos do Vumbora Amigo, o ingresso social do bloco. Nesta próxima edição, os alimentos serão destinados à Ong Ganha Mais Quem Doa. “O nosso objetivo é aumentar essa arrecadação. Além de se divertir, o folião faz uma boa ação”, diz Hélio Fernandes, coordenador de Marketing do bloco.

O primeiro lote de abadás já está à venda no site Ingresso Nacional (https://www.ingressonacional.com.br). Por enquanto, serão vendidos apenas online. Somente a partir de dezembro serão divulgados os pontos físicos para a venda dos ingressos. Os preços variam de R$ 180 e R$ 360.

A cara do axé – Um dos maiores ícones do axé, com quase 40 anos de carreira, Bell Marques continua se reinventando e levando carisma, energia e talento por onde passa. Dono de vários sucessos, ele não deixará de fora hits da Banda Chiclete com Banana, da qual era líder até 2013, tais como “Chicleteiro eu, chicleteira ela”, “Diga que valeu” e “Não vou chorar”, além de canções de sua carreira solo, como “Vumbora?!” (que nomeia o bloco), “Louco Amor” e “Dengo Meu”.

O bloco Vumbora surgiu em 2014, no Carnaval de Salvador, fazendo o circuito Barra-Ondina. Fruto da carreira solo de Bell, o sucesso do bloco foi tanto que ele já foi levado para o Carnatal e o Fortal – e agora marca presença no Folia de Rua, a maior prévia carnavalesca do Brasil. No dia 14 de fevereiro, o percurso será o mesmo: concentração a partir das 18h, no Posto 99, no bairro Miramar, e saída às 21h, seguindo até o Tambaú Flat (a praça do Busto Tamandaré está em obras), um trajeto de mais de dois quilômetros.

Redação com VivasComunicação