Arrogantes, flamenguistas criticam gozações de torcedores de outros times pela perda do Mundial

Cotidiano Fábio Cardoso
Anúncios

Perder, perder, perder, uma vez Flamengo, Flamengo até morrer.

Não entendo a ira dos torcedores do Flamengo diante das milhares de brincadeiras e gozações de torcedores de outros clubes. Um tipo de torcedor que passou o ano inteiro, até sábado após perder o título para o Liverpool, tirando onda, humilhando os torcedores de outros clubes, se mostrando egocêntrico e até arrogante, para não dizer ‘nojento’.

Agora, após perder – não importa se merecido ou não, se foi grande como o Liverpool ou não – quer que os torcedores de outros clubes aplaudam ou fiquem calados. Isso é demais. Me desculpem os amigos, os familiares torcedores do Flamengo, mas a vida é isso mesmo. Um dia gozado, outro dia sendo gozado.

O São Paulo disputou três Mundiais (Barcelona, Milan e Liverpool) sempre como time pequeno, como afirmam os flamenguistas, mas foi campeão. E, mesmo assim, os flamenguistas, como sempre, subestimam. “Isso é passado”, afirmam a maioria deles.

O mesmo foi no caso do Internacional (contra o Barcelona) e o Corinthians (contra o Chelsea) trouxeram a taça do Mundial. Passado, não vale nada.

Essas gozações, amigos rubro-negros, servem – me desculpem a sinceridade – para que abaixem a bolinha e reconheçam que futebol se ganha em campo, não na fala.

Espero que, com esse revés, saibam respeitar um pouco mais os torcedores de outros clubes.

Sobre as minhas brincadeiras, quem estava comigo assistindo a partida, sabe que torci e muito para o Flamengo, em respeito ao futebol brasileiro. Jamais torceria para um clube estrangeiro. Mas tenho certeza que muitos dos que reclamam de gozação e estão chorando agora, naquelas partidas torceram contra o Tricolor.

Só teve uma imensa diferença, os 11 guerreiros de três gerações trouxeram a Taça, o Flamengo, com toda essa bossa, não vai contar e colocar na cota das humilhações esse título.

Fábio Cardoso