Suplente de senador faz gesto obsceno após desejar melhora de saúde de José Maranhão, internado com covid-19

Cotidiano Fábio Cardoso

Uma gafe cometida por um suplente de senador da Paraíba, mas que sempre morou no Rio de Janeiro, pode ter colocado fim a uma carreira política marcada pela mediocridade. O senador Ney Suassuna (Republicanos) fez um gesto obsceno durante uma entrevista ao jornalista Hermes de Luna, no programa Correio Debate, quando falava sobre o estado de saúde do senador José Maranhão (MDB), que está internado com covid-19 em um hospital de São Paulo. Após a resposta desejando recuperação a Maranhão, Ney Suassuna faz o gesto obsceno, como que desejasse o contrário do que acabara de sobre companheiro de bancada federal. A imagem é clara.

O vídeo viralizou nas redes sociais durante todo o dia e nem mesmo uma nota de esclarecimento aliviou a barra para os lados de Suassuna. Na nota, o senador rechaçou com veemência que tenha mostrado o dedo da mão direita quando se referia a recuperação do estado de saúde de Maranhão. “Na verdade, o senador gesticulou com a mão direita ao reclamar da entrada de um assessor na sala onde concedia a entrevista. Qualquer outra interpretação do vídeo significa um atitude maliciosa”, diz a nota.

No final da tarde desta quarta-feira (20), os diretórios do MDB da Paraíba e de João Pessoa distribuíram uma nota de repúdio à conduta de Suassuna. “É de conhecimento público e notório que o senador José Maranhão se encontra em fase complicada de recuperação, internado em UTI, após ter sido acometido da covid-19, de sorte que o reprovável, antiético e absurdo gesto praticado pelo suplente Ney Suassuna configura uma gravíssima agressão ao nosso Presidente – e aos eleitores paraibanos – que tanto bem já fez e ainda fará ao nosso Estado e à nossa Nação, sendo desnecessário narrar aqui sua trajetória ou o espírito benfazejo deste grande homem público, pelo que nos solidarizamos integralmente com nosso Senador e seus familiares neste momento tão difícil.”

Na nota, o MDB se solidariza com a família e amigos de Maranhão. “Além disso, tal gesto também revela um nefasto sentimento contra as milhares de vítimas brasileiras que tentam se recuperar, afora as que não resistiram, deste malfadado vírus que transformou a face do planeta – postura jamais esperada de qualquer ser humano, tampouco de alguém que ostenta, mesmo como suplente, uma representatividade popular.”

Estado de saúde “muito preocupante”

A reportagem do Turismo em Foco apurou, por meio de uma fonte, que o estado de saúde do senador continua estável, conforme boletim emitido pela equipe médica do hospital paulista nesta tarde. Porém, a fonte disse que ele continua na UTI, sedado, e que o estado de saúde é “muito preocupante”. Todos continuam com muita esperança de recuperação.

Fábio Cardoso

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!