Anac confirma que Aeroporto de Cajazeiras pode receber aviões de grande porte

Destaque Paraíba
Anúncios

Na semana passada, o Turismo em Foco publicou uma reportagem sobre o índice de resistência do Aeroporto Cajazeiras/Pedro Vieira Moreira, na Paraíba, que permitiria então o pouso de aeronaves de médio e até grande porte, entre eles, o modelo ATR 72, com capacidade de 74 passageiros.
A informação foi questionada nas redes sociais, inclusive, questionando que a pista do aeroporto não teria esse índice para suportar o peso dos equipamentos citados. Houve ainda surpresa por conta da rapidez de como teria sido feito o processo de requalificação do índice pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).
A reportagem, para tirar qualquer dúvida dos leitores, encaminhou solicitação de informações da Anac e, nesta segunda-feira (30), ela confirmou as afirmativas do material veiculado pelo Turismo em Foco, isto é, “as aeronaves ATR72 e ATR42, por exemplo, podem operar neste aeroporto, visto que o ACN delas corresponde a respectivamente 14 e 11 para a carga máxima de decolagem, logo, menor que 26 (o máximo permitido para PCN).”
De acordo com a Anac, o “Número de Classificação de Pavimentos (PCN) significa o número que expressa a capacidade de suporte de um pavimento para operações sem restrição. Para o caso do aeroporto de Cajazeiras é 26/F/B/X/T. O Número de Classificação de Aeronaves (ACN) significa o número que expressa o efeito relativo de uma aeronave sobre um pavimento para uma categoria padrão de subleito especificada. O ACN depende da aeronave.”
Ainda de acordo com a Anac, o operador aeroportuário do aeroporto de Cajazeiras solicitou à Agência a alteração de resistência de pavimento da pista do aeródromo, tornado assim possível a operação de aeronaves, considerando a resistência do pavimento, que possuem ACN menor ou igual ao PCN desta pista (ou seja, menor ou igual do que 26).
http://www.turismoemfoco.com.br/v2017/2018/07/27/aeroporto-de-cajazeiras-pode-receber-voos-de-medio-e-grande-porte/
Fábio Cardoso