Chuva fecha e provoca caos nos aeroportos de João Pessoa, Campina Grande, Recife e Maceió

Aviação Destaque

As fortes chuvas que estão caindo no Nordeste desde a noite de quarta-feira (12) têm provocado muitos transtornos nos aeroportos da região. Pela manhã desta quinta (13), pelo menos quatro deles foram fechados – os de João Pessoa, Campina Grande, Recife e Maceió. Vários voos foram cancelados e outros tiveram que ser desviados para aeroportos mais próximos, como o de Natal. O volume de chuva era tão grande, que a pista do aeroporto do Recife tinha quase um palmo de água acumulada em quase toda a sua extensão.

Nos aeroportos da Paraíba, a Azul Linhas Aéreas Brasileiras conseguiu pousar no Aeroporto Presidente Castro Pinto, na Região Metropolitana de João Pessoa, e no Presidente João Suassuna, em Campina Grade, com atrasos. Mas cancelou um voo no primeiro aeroporto e dois no outro no período da tarde. O Castro Pinto teve condições de teto de receber um voo da Gol, que alternou do Recife no começo da tarde.

Aconteceu desde a madrugada

As fortes chuvas que caem no Nordeste desde a noite desta quarta-feira (12) fecharam os aeroportos de João Pessoa, Campina Grande, Recife e Maceió. Na madrugada desta quinta-feira (13) foi possível acontecer pousos no Aeroporto Castro Pinto, mas ainda está incerto o pouso de aviões no começo da tarde, como previsto no painel da Infraero.

O voo que estava previsto para chegar no Aeroporto João Suassuna, em Campina Grande, às 10h35, vindo de São Paulo, continua parado no Aeroporto do Recife, ainda sem previsão de liberação.

Um voo que estava seguindo do Aeroporto de Salvador para Recife teve que retornar para a capital baiana. Outro que seguia de São Paulo para Recife foi obrigado a pousar no Aeroporto de Natal.

As fortes chuvas que caem no Nordeste desde a noite desta quarta-feira (12) fecharam os aeroportos de João Pessoa, Campina Grande, Recife e Maceió. Na madrugada desta quinta-feira (13) foi possível acontecer pousos no Aeroporto Castro Pinto, mas ainda está incerto o pouso de aviões no começo da tarde, como previsto no painel da Infraero.

O voo que estava previsto para chegar no Aeroporto João Suassuna, em Campina Grande, às 10h35, vindo de São Paulo, continua parado no Aeroporto do Recife, ainda sem previsão de liberação.

Um voo que estava seguindo do Aeroporto de Salvador para Recife teve que retornar para a capital baiana. Outro que seguia de São Paulo para Recife foi obrigado a pousar no Aeroporto de Natal.

As informações são de uma fonte do Turismo em Foco.

Painel da Infraero no Aeroporto Presidente Castro Pinto

Fábio Cardoso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.