Parque aquático que será instalado em João Pessoa terá piscina de ondas em 360 graus para a prática de surf

Destaque Paraíba

A quinta-feira (15) foi uma data que será celebrada pelos paraibanos por muitos anos. É que após mais de 30 anos de espera e muitas promessas, o Governo do Estado assinou o contrato com três grupos hoteleiros e de entretenimento para a construção de dois resorts e um parque aquático no polo Turístico do Cabo Branco, em João Pessoa. ­

 

A partir de 2023, a Paraíba entra definitivamente no mercado de turismo investindo no turista de maior poder aquisitivo. O aporte de recursos gira em torno de R$ 580 milhões e devem ser criados cerca de 10 mil empregos diretos e indiretos durante a construção e consolidação dos empreendimentos. O início das obras está previsto para abril de 2021.

De todos os projetos apresentados, pelo menos um chamou muito a atenção da plateia presente à solenidade de assinatura dos contratos. E sei que você já deve ter visto algum vídeo ou lido algumas reportagens aqui mesmo no Turismo em Foco. O projeto do Surf World Park realmente impactou a todos e fomos pesquisar mais detalhes dele, sua concepção, seus diferenciais, sua estrutura e, principalmente, a origem do grupo que está investindo. Consultamos o site Rapfun, o maior portal do país sobre parques de diversões, temáticos, aquáticos, lazer e entretenimento em geral do país.

O Surf World Park tem o carimbo do Ingeparks, da Espanha, e o projeto é assinado pelo renomado arquiteto José Ignácio. A Ingeparks trabalha no setor há mais de 23 anos e já construiu diversos parques aquáticos na Espanha e Europa. O projeto é totalmente pensado para levar em conta a ecologia e a sustentabilidade, além disso o parque será 100% acessível para pessoas com algum tipo de deficiência.

O empreendimento, que será um parque temático, terá atrações para todos os tipos de público, desde os mais radicais, familiares, idosos, crianças, bebes, entre outros. O tema escolhido foi o surf (razão do nome), por isso, não terá semelhança com os parques que já estão instalados no Brasil, como o Beach Park ou o Parque do Rio Quente.

O Surf World Park terá algumas das atrações clássicas de qualquer Parque Aquático: piscina de ondas com areia natural que forma uma praia, porém não será qualquer piscina de ondas e contará com um grande diferencial. Ela será uma piscina de ondas em 360 graus, a onda será feita em todos os sentidos da piscina, com isso será possível que seja praticado o surf, inclusive, com ondas tubulares e as mais utilizadas pelos surfistas. E ainda contará com uma escola de surf, um outro importante diferencial.

A piscina tem capacidade para gerar 2 mil ondas por hora, sendo 5 diferentes tipos. Até uma etapa do campeonato mundial de surf será feito nessa piscina. Isso já dá um grande diferencial pra essa piscina, conforme afirmou durante a solenidade Alejandro Capilla, executivo do grupo espanhol, o grupo já está captando a realização do mundial em João Pessoa.

O parque também terá Rio Lento que irá passar por cavernas e cachoeiras, claro com barco pirata, uma atração para a criançada com diversos elementos interativos. Serão instalados vários outros toboáguas espalhados com menor porte, infantis e familiares próximos ao barco.

E, como em todo parque aquático, não faltarão os toboáguas. Uma das torres, que será um grande e gigante complexo de toboáguas, com uma temática estilo templo Maia e serão 15 toboáguas diferenciados. O primeiro deles é o famoso toboágua de tapetinho, onde os visitantes vão de bruços, sendo que 4 deles, um do lado do outro, será para as pessoas apostarem corrida. Os outros dois nas laterais do de tapetinho, são toboáguas radicais, com grandes quedas e curvas que fornecerão forças Gs bem grandes.

Ainda terão outras duas torres com toboáguas de grande porte, um deles será o Toboágua Boomerang, provavelmente no estilo do toboágua do Boto do Thermas do Laranjais, mas com um trajeto diferente antes dele entrar no boomerango. Já a segunda torre, terá um toboagua que aqui conhecemos como privada, porém será uma atração de corpo, sem o uso de boias. Ambos ficarão em uma enorme piscina que é mais calma, mas também faz conexão com a piscina de ondas.

Capacidade para receber 12 mil pessoas por dia

O parque terá capacidade para atender 12 mil pessoas por dia e esperam receber cerca de 1, 5 milhão pessoas por ano. Somente em um raio de mil quilômetros do local do parque, vivem 50 milhões de pessoas, todas são público potencial do empreendimento. O parque ira utilizar apenas 40% do espaço, o restante será utilizado para manter reservas naturais da fauna local e além disso terá atrações que se integram a natureza. Cerca de 80 mil metros cúbicos de água serão utilizados no parque e serão filtradas a cada 4 horas.

A previsão é que o Surf World Park comece a ser construído entre março e abril de 2021, com sua inauguração programada para algum momento do final de 2022 ou início de 2023.

Fábio Cardoso

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!