Voo internacional amplia número de argentinos na Paraíba

Paraíba

A Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), por meio do Setor de Estatísticas, divulgou, nesta quarta-feira (16), o Fluxo Global Estimado de turistas que vieram à Paraíba e fizeram registros nos hotéis do estado em julho. O principal destaque fica por conta do crescimento do número de turistas argentinos, de 31,53% em relação ao mesmo período de 2016. Desde 1º de julho deste ano foi iniciado um voo semanal direto, entre João Pessoa e Buenos Aires. No total, foram registrados 169.593 hóspedes em todo o Estado, e um acumulado de 1.101.277 (janeiro a julho) que significou uma ocupação hoteleira da ordem de 66,07%.
A presidente da PBTur, Ruth Avelino, avaliou os números como positivos. A executiva entende que o voo internacional para Argentina está se consolidando, trazendo mais turistas para a Paraíba.
“Os números estão aí. É o resultado do nosso trabalho e empenho em conseguir junto à Gol um voo para João Pessoa, confirmando que a Paraíba era um destino turístico com potencial. Temos de continuar nossa ação de divulgação na Argentina para aumentar o fluxo de turistas para cá”, comentou Ruth Avelino.
Países que mais enviaram turistas:
 
Estados Unidos          16,20%
Itália                            9,11%
Portugal                      5,96%
Espanha                      5,71%
Porta de Entrada 
A pesquisa da PBTur aponta que João Pessoa registrou em julho um total de 114.952  hóspedes, resultado superior em 2,20% na comparação ao mesmo período do ano passado. De janeiro a julho, a estimativa ficou em 731.939 hóspedes, 3,71% acima do mesmo período de 2016. De acordo com os Boletins de Ocupação Hoteleira da capital, o mês de julho registrou uma ocupação de 66,07% dos quartos disponíveis, resultado 4,31 pontos percentuais abaixo do mesmo mês de 2016.
Origem dos turistas
São Paulo 22,07% +12,06%
Pernambuco 16,69% +6,76%
Rio Grande do Norte 9,71% +12,72%
Rio de Janeiro 8,38% +1,76%
Distrito Federal 7,49% +6,75%
Secom Paraíba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.