Cícero Lucena debate projetos com trade turístico e pretende trabalhar em parceria com o Governo do Estado

Destaque Paraíba

O candidato do Progressista à Prefeitura de João Pessoa, Cícero Lucena, participou do Ciclo de Debates promovido pelo Convention Bureau da capital paraibana, nesta sexta-feira (02), no Hadrman Praia Hotel. Durante mais de duas horas, Cícero fez uma explanação sobre as ações que pretende empreender durante o seu mandato, caso seja eleito, mas deixou evidente que esse trabalho será de curto, médio e longo prazos, sempre buscando a parceria com o Governo do Estado e ouvindo os representantes do trade turístico.

Durante a apresentação, Cícero Lucena afirmou que, como ex-prefeito de João Pessoa por dois mandatos, tem a experiência e entende sentindo na pele os gargalos no processo de desenvolvimento das ações relacionadas às atividades inerentes ao Turismo. Disse que não será preciso inventar a roda, mas que precisa da unidade de todos para a construção de um novo momento.

Entre os compromissos assumidos pelo candidato, que deixou claro de que não estava fazendo promessas, estão a destinação de recursos para o Fundo Municipal do Turismo; para ações de marketing da cidade; para a captação de grandes eventos. Cícero Lucena disse que o atual orçamento para ser gasto com o Turismo, pouco mais de R$ 4,5 milhões, representa o valor que trabalhou durante um de seus mandatos na prefeitura.

“Se com poucos recursos que tivemos, conseguimos fazer tanta coisa naquela época, lutaremos para que os valores sejam maiores, mas será preciso que tenhamos a dimensão do dinheiro que poderemos disponibilizar a partir do momento em que eu assumir a prefeitura, caso seja eleito”, pontuou o candidato. Ele criou a expectativa de que, entre 30 a 45 dias após assumir, o trabalho seja efetivamente iniciado nesse segmento da economia.

Projeto tem cinco eixos

Cícero Lucena explicou alguns pontos dos cinco eixos que pretende implementar no seu governo. São eixos que atendem setores da Infraestrutura Turística, Políticas Públicas, Desenvolvimento Sustentável, Sistema de Inteligência e Promoção do Destino.

O Centro Histórico da cidade foi um dos principais temas debatidos. E, mais uma vez, Cícero Lucena lembrou que conhece os problemas e que eles foram criados ao longo das últimas administrações, que optaram, afora alguns projetos pontuais, esvaziar o centro da cidade do que criar condições de torná-lo viável economicamente com as atividades relacionadas ao turismo.

Cícero Lucena afirmou que iniciará os projetos no Centro Histórico com uma “onda de habitação”, voltando a investir em medidas que incentivem as pessoas a morar naquela região, o que, de tabela, criaria atmosfera para que os empresários voltassem a investir no comércio. Nesse sentido, ele lembrou o IPTU Cidadão, que incentivava quem pintasse o seu imóvel, ou redução do ISS para quem se estabelecesse na região. Atualmente, segundo ele, o Centro Histórico está “necrosado”.

Investimento na segurança pública

Aproveitando o tema Centro Histórico, o candidato do Progressistas voltou a citar a parceria que pretende fechar com o Governo do Estado, agora na área de Segurança Pública. Cícero Lucena pretende criar uma Guarda Municipal do Turismo, com profissionais capacitados para atender incidentes com os turistas, num trabalho conjunto com a força policial que já atua por meio da Companhia Especializada de Apoio ao Turista (Ceatur).

Outra medida a ser tomada, caso seja eleito, será criar uma Central de Monitoramento em todas as áreas de maior movimento de turistas na cidade, seja no Centro Histórico, litoral ou nos principais pontos turísticos da cidade. Essa trabalho também deverá ser em conjunto com a força policial do Governo do Estado, utilizando tecnologia de última geração e que permitirá que os incidentes sejam combatidos imediatamente.

Cícero Lucena disse que pretende construir portais na entrada de João Pessoa e citou a região das Três Lagoas, entrada para quem vem do Recife pela BR-101. Nessa área, o projeto irá urbanizar o entorno das Lagoas que, por si só, já é um ponto turístico e que ganhará uma série de benefícios, sem tornando, inclusive, em um local para contemplação e serviços para as pessoas.

Ações na Ponta do Seixas

Sobre pontos turísticos como a Ponta do Seixas – o ponto mais oriental das Américas -, hoje um Polo Gastronômico, Cícero Lucena disse que desenvolverá algumas ações na área, como saneamento básico, iluminação, preservação do meio ambiente e melhoria dos acessos. Em parceria com o Governo do Estado, ele pretende também criar um novo modelo de balneabilidade das praias, utilizando um sistema moderno e que emitirá informações online sobre a qualidade das águas do mar.

A Tecnologia será uma ferramenta que será utilizada praticamente em todo o projeto de governo de Cícero Lucena. Nesse sentido, ele disse que trabalhará para criar um aplicativo cujo a plataforma permitirá que os turistas possam conhecer a cidade na palma da mão mesmo antes de chegar na cidade. Na plataforma a ser criada, estarão todas as informações de roteiros, serviços e dicas para os visitantes, uma ferramenta que deverá ser utilizada até mesmo pelos moradores de João Pessoa. Esse processo será complementar à sinalização visual nas ruas dos pontos turísticos, com critérios estabelecidos pelo Ministério do Turismo.

Secretariado será formado por técnicos

Cícero Lucena afirmou que todo o seu secretariado será composto por técnicos e, no caso da Secretaria de Turismo, existe a intenção de tornar a Pasta em uma agência de desenvolvimento. Essa mudança seria importante para manter contato direto com as outras prefeituras que integram a Região Metropolitana e que comungam da mesma necessidade de criar meios de viabilizar um grande projeto para o turismo dessas cidades, como o Conde, Cabedelo e Lucena.

Cícero Lucena também pretende desburocratizar e acelerar a abertura de empresas voltadas para as atividades relacionadas ao turismo9. Ele criticou a demora para a liberação de um simples alvará de funcionamento que, em outras cidades e Estados, já está bem acelerado. Também nesse momento, o candidato disse que precisará de parceria com o Governo do Estado.

Questionado sobre a ‘pirataria’ enfrentada pelos guias de turismo, que acontece a partir das recepções dos hotéis até o meio da rua, segundo os representantes desse atividade, Cícero Lucena disse que não iria prometer acabar, mas que irá aplicar a lei, utilizando os meios legais para isso. Entretanto, ele enfatizou que esse problema também precisa ser resolvido entre os próprios segmentos, já que o ‘crime’ começa a ser cometido ainda dentro dos hotéis.

Investimento no Turismo de Eventos

O turismo de eventos também terá atenção especial. Inclusive, Cícero Lucena elencou alguns projetos desenvolvidos por ele, que tiveram repercussão mundial, como shows de Sandy e Junior; o programa de Gugu Liberato; o samba-enredo da Escola de Samba Vila Isabel, que cantou João Pessoa na Marquês de Sapucaí, no Rio de Janeiro para o mundo, entre outros.

Ele criticou a lentidão com que a gestão municipal tem tratado a flexibilização das atividades econômicas e os equívocos que têm cometido no enfrentamento do coronavírus. “É preciso ter uma decisão rápida e eficiente no processo de abertura da economia, claro, tomando todos os cuidados e respeitando os protocolos” enfatizou.

O Ciclo de Debate é uma iniciativa do Convention Bureau de João Pessoa e tem a participação direta das entidades empresariais e profissionais do mercado de turismo, a exemplo da ABIH, ABAV, ABRASEL, ABRAJET, SEHA, SINDETUR e Sindicato dos Guias de Turismo da Paraíba que atuam no desenvolvimento do setor turístico da capital paraibana. Os encontros serão em formato híbrido, ou seja, presencial e virtual, iniciados sempre às 19h e também será transmitido pelo (facebook.com/conventionbureaujpa)

Fábio Cardoso

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!