Paróquia Santa Luzia enviará relatório para o Vaticano sobre a passagem do Padre Ibiapina pelo Sabugi

A Paróquia Santa Luzia recebeu na tarde desta sexta-feira (30) comunicação do Padre José Floren, do Santuário de Santa Fé, solicitando um relatório sobre a passagem do Padre Ibiapina pela Paróquia Santa Luzia.

O relatório será enviado para a Comissão da Causa dos Santos, no Vaticano, para ser anexado à documentação do Processo de Canonização do Padre Ibiapina que está tramitando na Santa Sé.

A Paróquia Santa Luzia solicita aos fieis que possuam algum relato sobre o padre que possa colaborar para o processo de canonização que procurem o leigo Rommeryto Augusto para contarem seu relato ou mostrarem documentos, recortes e quaisquer materiais que sejam importantes. O professor e historiador Rommeryto é integrante do COMIFO (Conselho Missionário da Forania) e será o responsável pela redação do relatório.

Em Santa Luzia há uma rua e um açude que receberam o nome de Padre Ibiapina. Isto se deve à sua passagem pela cidade entre os anos de 1862 e 1875. No primeiro ano de sua visita, o Padre criou a Casa da Caridade cuja função era receber as órfãs da cidade assim como as pessoas excluídas. No ano de 1863 o Padre deu início à construção do açude que durante muito tempo abasteceu a cidade e que hoje está poluído e com pouca água.

Outro ponto importante da passagem foi a atuação do padre no enfrentamento de uma epidemia de cólera na segunda metade do Século XIX. O padre prestou assistência aos doentes e, também, organizou mutirões para construção de cemitérios para sepultar os que não conseguiram escapar. Um destes cemitérios está na cidade de Várzea.

Paróquia de Santa Luzia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *